Viagens no Brasil – O Barroco e a Festa

O Fado é uma forma de vida -“Silêncio que se vai cantar o fado!”. As luzes baixam de intensidade. As conversas tornam-se sussurros. O guitarrista dedilha acordes. A Fadista aclara a garganta. De súbito, com garra lança o som para o espaço, ganhando a atenção da plateia. A música, em dueto da guitarra e da viola segue a voz e o ritmo.

José Malhoa, O Fado .arte_facto hereges perversões 04

 

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s