Obra de Aleksander Rodtckenko

Aleksander Rodtckenko nasceu em São Petersburgo 1891, iniciou-se na fotografia em 1920, fez uma revolução na fotografia, sendo um dps líderes co construtivismo  russo, um dos grandes inovadores da arte de vanguarda do século XX.

Dizia que ” Nosso dever é experimentar “, ele retrata a União Soviética dos anos 30, a presença da corporiedade do militarismo é muito evidente, na postura dos indivíduos, obedientes, disciplinados e sadios, educados para guerra, “a corporeidade alcança a esfera da consciência e com certeza a condição humana, é o modo de ser do homem – Capra, 1983 apud “.

No Brasil o governo tentou doutrinar e manipular a sociedade, valendo-se da padronização de condutas e da utilização do patrotismo, de forma a exacerbar um sentimento nacionalista.

Entre as atividades escolares, estavam os ensaios para os desfiles de 7 de setembro, que servia para se revelar, ” o amor do cidadão pela pátria, marchando com patriotismo”, a educação física era usada não para fins educativos, mas de propaganda do governo, um ensino voltado para os esportes de alto rendimento.

Movimento Tropicalista

Em 1967 surgi o movimento tropicalista, que influênciou toda a cultura nacional na busca de elementos do Modernismo Brasilewiro, que iniciou-se com Caetano Veloso, com a música Alegria, Alegria, que fazia uma crítica social, relatando a opressão sofrida nas ruas, e nos meios de comunicação, fazendo denúncias dos contratsres regionais, sociais e econômicos.

Caetano representava a classe média, dialogava com os estudantes, ele ainda relata o uso do poder em forma de metáforas em suas composições, nestaépoca a ditadura militar queria pessoas alienadas, usava formas alienantes, símbolos impostos pela cinema americano ( Brigitte Bardot, Coca-Cola), grande parte de sua obra foi censurada, chegando até a ser preso e depois se exilinado em Londres por quase 2 anos.

Os estudantes iam as ruas para protestar contra um  governo ditatorial, um sistema de negação do conhecimento nas ecolas públicas, com estes movimentos a população começou a participar das lutas e passeatas contrao regime militar.

Anúncios

Sobre Pedro Pereira Leite

Cátedra UNESCO - Educação, Cidadania e Diversidade Cultural - Lisboa ULHT É diretor de Casa Muss-amb-iki - espaço de Memórias. Intervém no âmbito de pesquisa de redes sociais de memoria.
Esse post foi publicado em Actualités / News, Lectures / Readings e marcado , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.