Cultura e Dignidade Humana – CVII – Caracteristica do mercado de Trabalho Criativo

vamos apresentar as características do Mercado de trabalho colaborativo e a ligação entre economia criativa e o desenvolvimento sustentável.

Trabalharemos nos próximos postais dois pontos

  • Identificar as características do Mercado de trabalho
  • Identificar a ligação entre Economia Criativa e Desenvolvimento Sustentável

Vamos agora abordar as características da cultura e das industrias criativas. Vamos argumentar que existe um novo paradigma de desenvolvimento que é constituído pela ligação entre cultura e economia como um único setor, que inclui ambos os elementos (cultura e economia) e que usa a tecnologia para atingir relevantes questões (ou valores) sociais, tais como inclusão, dignidade humana ou justiça cognitiva.

Vamos partir de três questões básicas, que tem por base a criatividade, o seu elemento essencial, o conhecimento e o acesso à informação. O ponto que argumentamos é de que esta combinação pode produzir um desenvolvimento sustentado para pessoas, grupos em determinados lugares no âmbito da economia global

O setor das industrias culturais e criativas é um setor muito vasto e diversificado. Média, musica, artes performativas, moda, design, património incluindo as TICs[1].

Em 2006, a Agencia das Nações Unidas para o comércio e o Desenvolvimento (UNCTAD) iniciou a discussão do valor do setor criativo em termos económicos[2]. Quando pensamos em arte, cultura, criatividade, na maioria dos casos visualizamos um vago setor de artistas, muitas vezes marginais e pobres, onde é muito difícil pensar como pode ser valorizado ou planeado como atividade económica. A economia está habituada com as cadeias de valor. Produtos, matérias primas que se transformam e vendem no mercado. Como é que a arte e a criatividade pode ser uma atividade de mercado. É claro que existe um mercado para a arte. Os pintores ou artistas vendam as suas obras. Mas muitas vezes, este setor está muito associado às ajudas do estado, que ajuda a pagar, na parte ou no todo, as produções artísticas. Mas nem sempre a relação entre cultura e criatividade com a economia é clara.

A UNCTAD, em 2006 começou por analisar as estatísticas. Começou a procurar as evidência de um conjunto de factos básicos das indústrias criativas, para os conhecer e avaliar em termos de valor económico. E ao final de alguns números, os economistas que organizaram a informação ficaram surpreendidos pois concluíram que em termos económicos, as industrias criativas eram muito mais significativas do que à partida de poderia pensar. Em muitos casos, por exemplo, os números mostravam que o peso das indústrias criativas se situavam entre os 3% e os 10% do PIB, dependendo dos países. Em muitos casos era superior do que o peso da industria alimentar. Também verificaram, que quer em países desenvolvidos, quer em países menos avançados, os números da economia criativa mostravam que o peso deste setor era muito superior ao esperado. Isso levou a que toda a gente rapidamente se mobiliza-se para olhar para este setor com atenção. E isso hoje é já um dado inquestionável[3].

 

Anúncios

Sobre Pedro Pereira Leite

Investigador do Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra onde desenvolve o projeto de investigação "Heranças Globais: a inclusão dos saberes das comunidades como instrumento de desenvolvimento integrado dos território".(2012-2107) . O projeto tem como objetivo observar a relevâncias no uso da memória social em quatro territórios ligados por processos sociais comuns. A investigação desenvolve-se em Portugal e Espanha, na zona da Fronteira; em Moçambique e no Brasil. (FCT:SHRH/BPD/76601/2011). É diretor de Casa Muss-amb-iki - espaço de Memórias. Intervém no âmbito de pesquisa de redes sociais de memoria.
Esse post foi publicado em Actualités / News, Lectures / Readings e marcado . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s