Cultura e dignidade Humana CV – Conexões na Cidade

Uma outra questão relevante para o funcionamento da economia criativa, é o seu impacto e poder sobre as redes sociais, ligando virtualmente grupos de pessoas que partilham interesses e atividades.

Muitas empresas criativas usam os serviços de redes sociais para oferecer os seus produtos e ampliar a sua audiência. Através da ligação de pessaos e baixo custo, as redes sociais podem ajudar os profissionais criativos a expandirem os seus contatos e clientes, bem como colocar os seus produtos no mercado global..

As novas plataformas digitais, como blogs, foruns e wikis (sites colaborativos) são também poderosas ferramentas para facilitar a co-criação entre criativos de diferentes partes do mundo

 

Anúncios

Sobre Pedro Pereira Leite

Investigador do Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra onde desenvolve o projeto de investigação "Heranças Globais: a inclusão dos saberes das comunidades como instrumento de desenvolvimento integrado dos território".(2012-2107) . O projeto tem como objetivo observar a relevâncias no uso da memória social em quatro territórios ligados por processos sociais comuns. A investigação desenvolve-se em Portugal e Espanha, na zona da Fronteira; em Moçambique e no Brasil. (FCT:SHRH/BPD/76601/2011). É diretor de Casa Muss-amb-iki - espaço de Memórias. Intervém no âmbito de pesquisa de redes sociais de memoria.
Esse post foi publicado em Bilhetes e marcado , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s