Cultura e Dignidade Humana XCVIII – Industrias Criativas e Economia Criativa

As indústrias criativas podem classificar-se em 4 grandes grupos: Património, Artes, Média e Criações funcionais.

Industrias Criativas
Património Arte Média Criações Funcionais
Expressões Culturais Tradicionais

l

Artes Visuais

Pinturas

Escultura

Fotografia

Imprensa e Literatura

Livros

Jornais

Publicações

Design

Design de interiores

Grafico

Moda

Joalharia

Brinquedos

Lugares de Cultura

Monumentos

Museus

Livrarias

Arquivos

Artes Performativas

Musica

Teatro

Dança

Opera

Circo

Marionetas

Audiovisuais

Filmes

Televisão

Radio

Radiodifusão

Serviços Criativos

Arquitetura

Publicidade

I&D Criativo

Serviços culturais

Serviços Digitais

Novos Média

Conteúdos Digitais

Videojogos

Software

Animação

O primeiro grupo, inclui dois subgrupos: as expressões tradicionais, com o artesanato, as festas e romarias e as expressões da cultura local (gastronomia, lendas, musicas, danças), e os lugares de cultura, como monumentos, museus, arquivos, livrarias que são lugares de memória, simultaneamente de valor simbólico e onde são possíveis concretizar atividades económicas.

O Segundo grupo, da Produção de Arte, que inclui todas as expressões que se inspiram seja na cultura popular ou erudita, local ou do mundo inclui as expressões visuais (de produção de pintura, escultura, fotografia, instalação) e as artes performativas (como música, concertos, danças, circo teatro, etc).

No terceiro grupo, nos produtos mediáticos são produções criativas que se destinam a grandes audiências e a mercados mais globais, é constituída pela industria livreira, cinematográfica, televisão e radio e, mais recentemente as comunicações na rede global (WWW)

IO quarto e último grupo das industrias criativas corresponde a Criações funcionais, e incluem as áreas do design, dos novos médio, arquitetura, a publicidade, o entretenimento.

Como todas as categorizações as fronteiras entre as diferentes industrias podem ser muito fluídas. No entanto o que queremos aqui salientar é que entre elas existe uma forte ligação entre conhecimento, cultura e educação, e uma dos fatores que distingue o seu trabalho é a criatividade

Anúncios

Sobre Pedro Pereira Leite

Investigador do Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra onde desenvolve o projeto de investigação "Heranças Globais: a inclusão dos saberes das comunidades como instrumento de desenvolvimento integrado dos território".(2012-2107) . O projeto tem como objetivo observar a relevâncias no uso da memória social em quatro territórios ligados por processos sociais comuns. A investigação desenvolve-se em Portugal e Espanha, na zona da Fronteira; em Moçambique e no Brasil. (FCT:SHRH/BPD/76601/2011). É diretor de Casa Muss-amb-iki - espaço de Memórias. Intervém no âmbito de pesquisa de redes sociais de memoria.
Esse post foi publicado em Actualités / News, Lectures / Readings e marcado , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s